maio 05, 2016

Sopa de abóbora cabotiá

Oi gente!

Desde já peço desculpas porque a receita de hoje vai sem foto. Fizemos a sopa há umas duas noites, e estávamos com tanta fome e vontade de saborear aquela delícia fumegante que esqueci de tirar foto!

Esta sopa surgiu como uma invencionice nossa, e depois de alguns aperfeiçoamentos virou um clássico em casa.

Ela fica de um amarelo maravilhoso por causa da abóbora, e até a Hadassa adora, coisa que é muito dizer porque a pequena anda bastante seletiva para comer.

Mas vamos lá:

Sopa de abóbora cabotiá

Ingredientes:
Meia cebola picadinha
Dois dentes de alho (ou a gosto)
1/4 de abóbora cabotiá picada em cubinhos (se você não conhece a abóbora cabotiá, é uma abóbora bem amarela, de casca verde toda rugosa e bastante dura, e de formato redondo, do tamanho de um melão mais ou menos).
2 mandiocas médias picadas em cubinhos
3 batatas baroa (também chamada batata salsa ou mandioquinha) picadas em cubinhos
3/4 copo de macarrão conchinha ou pai-nosso
Cebolinha a gosto
Sal a gosto

Opcional: creme de leite para servir

Como preparar:
Na panela de pressão, refogue a cebola e o alho só até a cebola ficar transparente.
Acrescente 3 copos de água, a abóbora, a mandioca e a baroa.
Se necessário, coloque mais um pouco de água, tampe, deixe levantar pressão e cozinhe por uns 15 minutos, com um pouco de sal.
Desligue e espere a pressão sair. Abra e teste se cozinhou tudo. Dependendo do tamanho dos pedaços de mandioca, pode precisar cozinhar mais um pouco, mas pode ser feito com a panela destampada.
Quando estiverem todas as verduras macias, retire duas colheradas grandes e bata no liquidificador (este passo é opcional, mas eu gosto de fazer pois deixa a sopa mais cremosinha). Devolva a sopa batida para o restante na panela. Acerte o sal a gosto.
Adicione o macarrão e cozinhe em fogo brando, mexendo para não grudar no fundo. Se gostar, pode acrescentar também um pouco de cebolinha picada.
Quando o macarrão estiver cozidinho, desligue e sirva.

Opcional: eu gosto de colocar um pouco de creme de leite leve por cima, já no prato, e salsinha picadinha por cima de tudo. Ah, e alguns croutons. :)

Os croutons você pode fazer facilmente picando algumas fatias de pão em cubinhos, espalhando sobre uma assadeira e regando com um pouco de azeite e orégano, e colocando no forno bem baixo por uns 10-15 minutos até que fiquem crocantes.
Agora, se você, como eu, lembra dos croutons só na hora de servir, não desespere! Dá para picar o pão em cubinhos e fazer na frigideira também. Só cuidado para não queimar o pão! Faça em fogo brandinho e fique mexendo sempre. Ficam deliciosos!

Se fizerem, me contem como saiu!

5 comentários:

  1. Então Mari, nos rendemos às sopas!
    Dá uma espiadinha neste site: http://www.melepimenta.com/2016/04/lascas-de-polvilho.html#links
    achei delicioso como acompanhamento de sopas e cremes!
    beijos querida!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que ideia legal Thais! Obrigada!
      Bjos

      Excluir
  2. Essa não posso dizer que vou experimentar porque eu não gosto de abóbora... mas fico feliz que ela está comendo alguma coisa saudável... não adianta, tem momentos que as crianças parecem que vivem de amor e ar... tomara que a fase passe não deixe de oferecer alimentos que logo ela volta a comer de novo :-)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabe, eu odiaaaaava abóbora quando era criança. Até hoje tem alguns tipos que não gosto de jeito nenhum, mas a cabotiá é uma que me agrada porque não tem aquela textura fibrosa tradicional das abóboras (que detesto). A polpa é meio "cremosa". Rsrs. Não sei se me explico. Enfim! Realmente tem horas que parece que vivem de amor e ar! Hahahaha.
      Bjos!

      Excluir
  3. Mas essa mulher anda muito prendada!!!!

    ResponderExcluir

Oi! Deixe seu pensamento!